Introdução

A crônica é um capítulo à parte na carreira de Moacyr Scliar. A partir dos anos 70, dedicou-se com afinco a esse gênero, com presença constante em jornais de grande circulação.  De 1973 até 2011, escreveu semanalmente para o jornal Zero Hora sobre temas cotidianos, saúde, bem-estar e atualidades. Em 1993, passou a assinar uma coluna na Folha de S. Paulo, criando histórias de ficção sobre fatos reais.

Este espaço é dedicado às crônicas de Scliar. Toda semana, será publicado um texto diferente, extraído de seu trabalho na imprensa e de coletâneas já publicadas. Com seu olhar aguçado, o autor usa como matéria-prima detalhes do cotidiano, sempre permeado pelo humor.

Nas palavras do próprio Scliar, a crônica é um respiradouro, uma brecha na massa não raro sufocante de notícias. E é um gênero literário eminentemente brasileiro, que nas mãos de grandes cronistas, deu verdadeiras obras-primas. Com seu característico de mensagem pessoal, a crônica humaniza o veículo, alegra e comove o leitor.

Boa leitura!

As Crônicas

ZERO HORA - DONNA ZH - 14 DE JULHO DE 2002

Na hora de escolher um casaco, apossa-se de mim o espírito de Hamlet. Comprar ou não comprar?

Ler a crônica
ZERO HORA - DONNA ZH - 11 DE NOVEMBRO DE 2007

O plano B aos poucos vai entrando na rotina do Brasil. E vai entrando porque o plano A freqüentemente não existe ou não funciona.

Ler a crônica
ZERO HORA - DONNA ZH - 22 DE JULHO DE 2007

Mesmo as manifestações mais esquisitas das pessoas (sob forma de livros, filmes, espetáculos) são produto de sua condição humana e encerram a possibilidade de ensinamento.

Ler a crônica
ZERO HORA - DONNA ZH - 1º DE JULHO DE 2007

Em sociedades fortemente competitivas, como aquelas que surgiram na modernidade, invejar os outros, querer superá-los, é um estímulo.

Ler a crônica
ZERO HORA - DONNA ZH - 19 DE NOVEMBRO DE 2006

O gigantismo, ao contrário do que faziam supor antigas histórias, é uma condição melancólica. O gigante não está mais perto do céu, mas está bem distante da Terra.

Ler a crônica
ZERO HORA - DONNA ZH - 23 DE ABRIL DE 2006

Na dita crise da meia-idade, muitos homens arriscam uma volta à adolescência. Mas será essa atitude um caminho viável?

Ler a crônica
ZERO HORA - DONNA ZH - 16 DE ABRIL DE 2006

Será que não ter qualquer vaidade faz de alguém uma pessoa de verdade?

Ler a crônica
ZERO HORA - DONNA ZH - 14 DE NOVEMBRO DE 2004

Nos Estados Unidos, o poder é maior. É econômico, é político, é militar. Mas não neutraliza os imensos problemas que o país enfrenta em várias frentes.

Ler a crônica